O Inconsciente e Espiritualidade

A  psicologia foi tomada pela visão simplista de Freud a respeito do Inconsciente. Nosso inconsciente é uma natureza viva dentro de nós mesmos, talvez a única que seja realmente viva. Nossos medos, traumas complexos e experiências não assimilados por nossa consciência, e estes conteúdos de memória, carregados de energia, em virtude do amor, a energia base, transformam-se em sombras sobre nosso inconsciente, por consequência de nossa ignorância. Mas nosso inconsciente não é nenhum mar negro de perdição, nosso inconsciente é onde guarda a nós mesmos, nossa essência, nosso espírito, e os reais valores para integridade de nossa alma.
Eu acredito que a visão de Freud por ser mais simplista tornou-se dominante no exercício da Psicologia, porém ela não só é ineficiente como é prejudicial a Alma humana.
Nosso inconsciente carrega um mar de símbolos, imagens que refletem a todo tempo em nossas vidas,  estas imagens vistas nos sonhos influenciam diretamente em nossas relações, nossos sentimentos   e  nossas vidas.
Interpretar e conhecer o inconsciente,  deve ser uma tarefa de todo ser humano compromissado com sua própria existência,  não é preciso ser louco ou ter problemas psicológicos para se conhecer a si mesmo,  pois sua descoberta, análise e entendimento estão diretamente ligados a realização plena de um indivíduo, a sua sabedoria e conhecimento,  tanto aqui do mundo em que vivemos,  como também,  além desse Tempo e espaço.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s