O “Eu” profundo: por Carlos Torres Pastorino

JOÃO: 14, 1-14

Tradução Literal

1. “Não se turbe vosso coração: crede em Deus
e crede em mim.
2. Na casa de meu Pai há muitas moradas;
senão, ter-vos-ia dito que vou preparar lugar
para vós?
3. E se eu for e preparar lugar para vós, de
novo volto e vos tornarei junto a mim, para
que, onde estou, também vós estejais”
4. E para onde vou, sabeis o caminho”.
5. Disse-lhe Tomé: Senhor, não sabemos para
onde vais; como poderemos saber o caminho?
6. Disse-lhe Jesus: “Eu sou o caminho da Verdade
e da Vida: ninguém vem ao Pai senão
por mim.
7. Se me conhecesses, conheceríeis também
meu Pai; e agora o conheceis e o vistes”,
8. Disse-lhe Filipe: Senhor, mostra-nos o Pai e
basta-nos.
9. Disse-lhe Jesus: “Há tanto tempo estou convosco
e não me conheceis, Filipe? Quem me
vê, vê o Pai. Como dizes tu: mostra-nos o
Pai?
10. Não crês que estou no Pai e o Pai (está) em
mim? As palavras que vos falo, não falo por
mim mesmo: o Pai que habita em mim faz
as obras dele.
11. Crede-me que eu (estou) no Pai e o Pai em
mim; se não, crede nas próprias obras.
12. Em verdade, em verdade vos digo: o fiel a
mim, fará as obras que eu faço e fará maiores
que elas, porque vou para o Pai,
13. e tudo o que pedirdes em meu nome, isso
farei, para que o Pai se transubstancie no
Filho.
14. Se me pedirdes algo em meu nome, eu farei”.

Sentido Real

1. “Não se turbe vosso coração: sede fiéis à
Divindade e ao Eu.
2. Na casa de meu Pai há muitas moradas:
senão, ter-vos-ia dito que o Eu vai preparar
lugar para vós?
3. E se o Eu for e preparar lugar para vós, de
novo volta e vos tomará junto a si, para que
onde esteja o Eu estejais vós também.
4. E para onde vai o Eu, sabeis o caminho”.
5. Disse-lhe Tomé: Senhor, não sabemos para
onde vais, como poderemos saber o caminho?
6. Disse-lhe Jesus: “0 Eu é o caminho da Verdade
e da Vida: ninguém vem ao Pai senão
pelo Eu.
7. Se conhecesseis o Eu, conheceríeis também
meu Pai e agora o conheceis e o vistes”.
8. Disse-lhe Filipe: Senhor, mostra-nos o Pai e
basta-nos.
9. Disse-lhe Jesus: “Filipe, há tanto tempo o
Eu está convosco e não o conheceis? Quem
vê o Eu, vê o Pai. Como dizes tu: mostranos
o Pai?
10. Não crês que o Eu está no Pai e o Pai no
Eu? As palavras que vos falo, não falo por
mim mesmo: o Pai que habita no Eu faz as
obras dele.
11. Crede-me que o Eu (está) no Pai e o Pai no
Eu; senão, crede nas próprias obras.
12. Em verdade, em verdade vos digo: o fiel ao
Eu fará as obras que faço, e fará maiores
que elas, porque o Eu vai para o Pai,
13. e tudo o que pedirdes em nome do Eu, isso o
Eu fará, para que o Pai se transubstancie no
Filho.
14. Se pedirdes algo em nome do Eu, o Eu
fará”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s