Universo quântico

São os significados que nós damos a vida que nos move e nos torna aquilo que nos tornamos. O amor nos faz seguir pelo caminho onde todos somos semelhantes, a compaixão nos faz seguir pelo caminho que nos livra de arrependimentos e nos livra do peso da culpa. Toda e qualquer verdade guarda em si um caminho reto, sobre o que nos faz ser humanos. Compreender a natureza humana é aceitar o outro com suas qualidades e defeitos como se ele fosse também uma parte sua, porque é mesmo. Tudo que somos em nossa natureza humana guarda um potencial de se expressar em outro, por isso julgar o outro nunca é a forma mais correta de proceder.  Assim é também a idolatria, pois é colocar alguém acima de você, quando deveria estar em igualdade, é o mesmo que criar estátuas. Valores sim, é que geram ações, e é nisso onde deveria se concentrar toda a verdade dos nossos julgamentos, nos valores. O agir incoerente com a natureza humana, ou com o significado maior do amor é uma falta de amadurecimento espiritual no conhecimento daquilo que realmente somos em essência. Isso que é a ignorância geradora de todo mal. Deus está em toda parte e todas as partes de Deus está em nós. Nós guardamos em nosso interior a verdade integral daquilo que está além da imagem, aquilo que vai além do tempo e que no espaço se expressa de todas as formas  nos fazendo observar essa verdade,  de que Deus está em toda parte. Ter consciência espiritual não é ser religioso com dogmas, nem doutrinas, nem grupos, é antes de tudo ser fiel a sua igreja interior, é ir no mais profundo dos significados da sua própria existência.
A vida as vezes pode parecer efêmera, passageira, podemos pensar que nós somos uma fatalidade, uma obra do acaso,  ou uma pura combinação de genes, porém, seja como for, a verdade de nossa existência sempre estará em nós, aqui dentro, e no mais profundo da nossa compreensão isso é uma combinação não de genes, mas do Tempo.
Fazemos parte de um todo que se sincroniza para um movimento,  onde cada um tem comprometimento com o organismo do todo, e tudo começa partindo de si mesmo.
O I Ching fala de mutações que são nossas mudanças no caminho para uma consciência superior, essa que nos faz caminhar cada vez mais em sincronia com o universo, fazendo escolhas mais acertadas em integridade com a verdade que está em todos nós e no universo, e assim nos dando consciência de cada passo em nosso caminho para onde queremos chegar. A mutação não é do ser, mas do estar. O ser sempre será o que é, mas o estar é  a impermanência. As mutações nos levam nesse caminho da descoberta dos “genes” do Tempo, que acompanham todas as suas mudanças de estações, do eterno dentro do efêmero,  do espírito dentro da alma.
O I Ching é um método que traduz um determinado instante do tempo,  a sua sincronicidade com o universo, e do universo em si mesmo. É como se ele olhasse naquele momento em um hexagrama, um intervalo de movimento da conexão nossa com o ser superior ou com o espírito do Uno. Não é como um horóscopo, ele é bem mais específico na leitura de cada um, pois enxerga através da energia de influência que parte de cada um no momento que o procura, dando um significado no momento em que o solicitamos, fazendo uma conexão cósmica da nossa energia com aquele intervalo de tempo no espaço. Ou seja, o I ching olha o ser dentro do estar, partindo do que é ser.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s